Ministério da Saúde promove vacinação contra meningite

Ministério da Saúde avança ao promover imunização contra meningite com vacina ACWY em adolescentes de 11 e 12 anos

  • separator

A doença meningocócica (DM) é considerada um problema de saúde pública, uma vez que os indivíduos podem variar de portadores assintomáticos à pacientes, com desenvolvimento de sintomas e rápida evolução da doença, com alto potencial para causar epidemias. (1,4,5)

Foto: Shutterstock

Com o potencial de matar em apenas 24 horas após o início dos sintomas, a doença pode ser adquirida por pessoas de qualquer idade. A maior incidência da doença ocorre no grupo de crianças menores de cinco anos, mas os adolescentes também precisam de imunização, pois estão entre os principais transmissores da bactéria. (3,4)

Cerca de 20% dos jovens podem ser portadores temporários da bactéria, e o adoecimento depende de vários fatores como o seu sistema imunológico. Mesmo que não adoeça, o adolescente pode transmitir para outras pessoas pela saliva, compartilhamento de copos, talheres, canudos, beijos e tosse. (1,4,5)

A evolução da doença pode ser muito rápida e pode ser confundida com diversas outras doenças pois entre os principais sintomas iniciais estão: mal-estar, dor de cabeça, febre, vômito e pescoço rígido. (5)

A meningite meningocócica pode levar a morte em 24 horas e em alguns casos, cerca de 20% dos sobreviventes, pode deixar sequelas graves, como dano cerebral e perda da audição. (3,4)
 

Vacinar para proteger

A vacinação é a forma mais recomendada e eficaz para evitar a meningite bacteriana.  A doença meningocócica invasiva tem uma taxa de mortalidade muito alta (> 50% se não tratada) e muitos sobreviventes desenvolvem sequelas permanentes. Dos 12 sorogrupos de N. meningitidis identificados, A, B, C, X, W e Y são responsáveis pela maioria das doenças. (8,5)

Entretanto para ampliar a cobertura, o Ministério da Saúde passará a disponibilizar vacinas meningocócicas conjugadas, que previnem os tipos A,C,W,Y de doença meningocócica, antes encontrada apenas em clínicas de vacinação privadas A vacina meningocócica conjugada ACWY será disponibilizada a partir da primeira quinzena de março/2020 em todo o Brasil na rede de vacinação do Sistema Único de Saúde (SUS), em mais de 37 mil Unidades Básicas de Atendimento (UBS) para imunizar adolescentes entre 11 e 12 anos. (6)

A vacina contra meningite ACWY estará disponível para imunizar adolescentes da faixa etária de 11 e 12 anos de idade, independentemente de ter recebido anteriormente a vacina MenC (conjugada). O objetivo do Ministério da Saúde é alcançar cobertura vacinal maior ou igual a 80% do público-alvo da vacinação. (7)
 

Referências

Christensen H, May M, Bowen L, Hickman M, Trotter CL. Meningococcal carriage by age: a systematic review and meta-analysis. Lancet Infect Dis. 2010;10(12):853-61.

Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm). Doença Meningocócica. [Internet]. Disponível em: https://familia.sbim. org.br/doencas/doenca-meningococica-dm. Acesso em: 5 nov. 2019.

Branco RG, Amoretti CF, Tasker RC. Meningococcal disease and meningitis. J Pediatr (Rio J). 2007 May;83(2 Suppl):S46-53.

World Health Organization (WHO). Meningococcal meningitis. In: Transmission. [Internet] Disponível em: http://www.who.int/emergencies/diseases/meningitis/en/. Acesso em: 5 nov. 2019.

World Health Organization (WHO). Meningococcal meningitis. [Internet] Disponível em: https://www.who.int/news-room/fact-sheets/detail/meningococcalmeningitis. Acesso em: 5 nov. 2019.

Ministério da Saúde (MS). Calendário Nacional de Vacinação. [Internet]. Disponível em: http://www.saude.gov.br/saudede- a-z/vacinacao/calendario-vacinacao. Acesso em: 31 out. 2019

Disponível em https://saude.gov.br/saude-de-a-z/meningites. Acesso em 11 Mar. 2020.

Disponível em https://www.who.int/immunization/diseases/meningitis/en/. Acesso em 12 mar. 2020

 

Fonte: Ministério da Saúde
publicidade